Eu sou fotógrafa?

Pra quem não sabe eu também sou fotógrafa (isso ficou meio óbvio aqui no blog né? só tem foto praticamente). Por muito tempo achei estranho quando me chamavam de fotógrafa, pois eu nunca tinha me especializado nisso, mas com o tempo eu entendi que sim, eu sou fotógrafa, pois por mais que eu não tenha feito nenhum curso (apenas alguns workshops), eu estudei pra caramba (obrigada internet <3) e também pratiquei demais, muito mesmo.

Testei de tudo antes de decidir o que eu queria e gostava realmente de fotografar. Fotografar pra mim vai além de obter lucro, é paixão, fascínio e curiosidade. Por isso acho muito importante você experimentar todo o tipo de fotografia. No meu caso demorei bastante para entender o que a fotografia era pra mim. Começou como hobbie mas nunca foi profissão, como lidar? Resolvi que só ia fotografar no meu tempo livre, assim eu mantenho meu vício e não largo a profissão (que eu também amo), e assim vai.

Hoje eu escolhi fotografar as mulheres, de crianças a velhinhas, mulheres. Gosto dos ensaios femininos sem exageros. Valorizo os sentimentos e procuro captar os momentos verdadeiros. Porém também amo fotografar paisagens, viagens e qualquer coisa que envolva cultura.

A fotografia pra mim é isso, fotografar o que me deixa feliz, e o lucro é consequência.

Além aqui do blog, tenho um site, que é o meu portfólio de ensaios femininos o ensaiosfemininos.com entra lá e dá uma espiada. E se interessar vem fazer um ensaio comigo!

Essa foi uma reflexão sobre a fotografia, que no meu caso quase se tornou profissão, mas descobri a tempo, antes de me entregar, que não era bem assim.